Tapa-buracos de R$ 4,6 milhões acaba e prefeitura treina presos para o serviço

Enquanto ruas da cidade seguem cada vez mais tomadas por buraqueira, Secretaria Municipal de Serviços Urbanos mantém só duas equipes no trabalho

Publicado em: 03/10/2018 às 14h50

94 Fm Noticia

Foto: André Bento

Ruas de Dourados estão tomadas por buracos e serviço de recuperação é feito por só duas equipes

O tapa-buracos terceirizado custeado por R$ 4,6 milhões enviados através de convênio pelo Governo de Mato Grosso do Sul chegou ao fim em Dourados no dia 30 de setembro. Desde então, o serviço de recuperação do castigado asfalto da cidade tem sido executado pela própria prefeitura, mas com apenas duas equipes. Enquanto a buraqueira toma conta das ruas, a Secretaria Municipal de Serviços Urbanos treina 30 presidiários para atuarem no setor. 

Dos R$ 5 milhões anunciados no Convênio nº 002/2017-SGI/COVEN nº 27.636/2017, assinado dia 26 de julho de 2017 pelo governador Reinaldo Azambuja (PSDB) e pela prefeita Délia Razuk (PR), na sede da Governadoria, em Campo Grande, a administração municipal comprometeu R$ 4.604.027,48 via licitação.

 

Homologado pela prefeitura no dia 1º de novembro de 2017, o contrato nº 344/2017/DL/PMD previa que a Enerpav G.S. Ltda, sediada na Capital, executaria o tapa-buracos por R$ 3.683.222,31. Contudo, no dia 29 de maio deste ano o Diário Oficial do Município tornou público o Extrato do 1° Termo de Aditivo ao Contrato, que informou ter sido necessário o acréscimo de itens gerando o valor de R$ 920.805,17, passando o valor global do contrato a ser R$ 4.604.027,48.

 

E no dia 2 de agosto deste ano foi publicado no Diário Oficial do Município o extrato do 2° termo de aditivo ao contrato nº 344/2017/DL/PMD, informando fazer-se “necessário a prorrogação do prazo de vigência contratual por mais 60 (sessenta) dias, com início em 07/08/2018 e previsão de vencimento em 06/10/2018 e a prorrogação do prazo de execução dos serviços por mais 143 (cento e quarenta e três) dias, com início em 10/05/2018 e previsão de vencimento em 30/09/2019 (sic)". Embora a data final indique o próximo ano, o número de dias corresponde ao final de setembro passado.

 

Nesta quarta-feira (3), o secretário municipal de Obras Públicas, Tahan Sales Mustafa, confirmou à 94FM que o tapa-buracos terceirizado chegou ao fim. Ele detalhou que o serviço passou a ser executado em parceria com a Secretaria de Serviços Urbanos, porém, com apenas duas equipes, por enquanto. 

 

Também hoje, Joaquim Soares, secretário municipal de Serviços Urbanos, informou que 30 presos do Regime Semiaberto iniciaram treinamento - com prazo previsto de 20 dias para acabar - nas ações que integram a operação tapa-buracos realizada em diferentes pontos da área urbana da cidade.

 

“Por enquanto, eles estão sendo treinados para aprender como se dimensionam os buracos, o tipo de massa que deve ser aplicada e a melhor forma de realizar a ação”, detalhou. (Colaborou  Karol Chicoski)