Juíza douradense Dileta Terezinha e Emerson Kafure são empossados no TJMS

Novos desembargadores assumiram cargo ontem à tarde em sessão solene marcada pela emoção e colocaram-se a serviço da Justiça

Publicado em: 04/10/2018 às 08h50

Dourados Agora

Foto: Elvio Lopes

Em sessão solene marcada pela emoção, assumiram, na tarde de ontem, como os cargos de desembargadores do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul Dileta Terezinha Souza Thomaz, oriunda da comarca de Dourados e Emerson Cafure, que vinha atuando na Capital. Os novos integrantes da mais alta corte da Justiça estadual foram empossados pelo presidente do Tribunal, desembargador Divoncir Schreiner Maran em substituição aos desembargadores Francisco Gerardo de Souza e Maria Isabel de Matos Rocha, que se aposentaram no mês passado.

O presidente do TJMS, Divoncir Maran abriu a sessão destacando que o Judiciário Sul-mato-grossense cumpre a missão de contribuir com o efetivo fortalecimento do estado democrático de direito. "Empenhamo-nos em alcançar um ideal de justiça rápida, que garanta o direito do cidadão por meio de uma prestação jurisdicional efetiva e célere. Isso só é possível por meio das pessoas que compõem esta Corte, tornando-a forte e eficiente. Galgar esse posto na carreira é coroar de reconhecimento toda uma vida, com mostra de estima, respeito e consideração. Desejo aos empossandos as boas-vindas", disse.

Primeiro a discursar, Emerson Cafure, lembrou do incentivo de seus pais desde a infância em Porto Murtinho, onde nasceu e brincou nas barrancas do rio Paraguai e que, ainda jovem, veio para Campo Grande, onde trabalhou como engraxate na Galeria São José, no início dos anos 70, dos estudos que o levaram à carreira do Direito, formando-se em 1977 na antiga Faculdade Católica de Mato Grosso (Fucmat), dos primeiros concursos públicos e o ingresso na magistratura em 1988.

"Agradeço a Deus por tudo e aos meus pais, que me incentivaram nos estudos para a realização de um sonho, chegar ao patamar mais alto da carreira desta corte e aos colegas que votaram pela minha indicação, que me foi anunciada na quarta-feira pelo filho que bateu na porta de meu gabinete me chamando de desembargador; à minha esposa Ana Maria Grincevicus Cafure, que sempre esteve a meu lado e aos filhos, Priscila e Ricardo, que acompanharam as mudanças durante a carreira", destacou.

Citando a Bíblia e pedindo a proteção de Deus, Cafure confessou sua felicidade por alcançar o objetivo que tinha na alma desde os bancos da universidade. "Chegou a esta corte com espírito de que vim para aprender e somar esforços pelas prestações jurisdicionais adequadas aos casos concretos e assumo o compromisso perante este Tribunal de empenhar-me na manutenção e auxílio por uma corte de Justiça sempre dinâmica e um povo satisfeito pela prestação de serviços oferecida pela nossa Justiça", conclui.

Dileta Thomaz também agradeceu a Deus por chegar até aquele momento, depois de vencer, com o apoio de sua família, diversas batalhas e ter deixado seus pais, ainda vivos, com 96 anos de idade, no Rio Grande do Sul, para vencer as lutas diárias para alcançar o ápice da carreira. "Ao meu companheiro Eloy, que há pouco mais de um ano partiu desta vida, deixo registrada a minha eterna gratidão, pois ele foi peça fundamental para que o meu caminho chegasse até aqui".

Ela discorreu ainda sobre as dificuldades enfrentadas na carreira, desde que assumiu a magistratura em Aquidauana, depois transferida para Anaurilândia, onde, a conselho do colega juiz Celso Schuch, teria que chegar pela "estrada das tropas", até Ponta Porã e Dourados, onde ocupava a 7ª Vara Cível antes de ser promovida a desembargadora.

A nova desembargadora mencionou também em seus agradecimentos servidores, promotores, defensores públicos e advogados que a apoiaram em todas as comarcas nas quais judicou e da amizade com o desembargador Jairo Luiz de Quadros que, ao ser promovido ao TJMS, afirmou que viria à Capital "abrir as portas para ela".

"Ao completar quase 30 anos de carreira como magistrada, sou tomada de imensa alegria e sinto-me honrada em compor este egrégio Tribunal, especialmente por ser a quinta mulher a ocupar o cargo de desembargadora desde a criação deste Estado. Por conta da emoção e da alegria que me tomam neste momento, talvez minhas palavras não consigam expressar com exatidão o que meu coração exprime".

Também emocionada, Dileta citou Eclesiastes, afirmando que tudo tem seu tempo debaixo do céu e que chegou para ela o tempo de contribuir no TJMS, com a plena consciência da grande responsabilidade em atuar na honrosa casa para trilhar os novos caminhos. "Desde criança tinha o sonho de que queria ser magistrada e este momento representa a realização desse sonho e, assim, rogo a Deus as bênçãos necessárias a esta nova etapa para que eu possa contribuir com a parcela maior que eu puder do meu esforço para a construção de uma sociedade melhor, mais justa, mais digna e mais feliz, concluiu Dileta.

A desembargadora Tânia Maria de Freitas Borges realizou a saudação e boas vindas aos novos desembargadores, destacando Dileta como "decoradora de almas" e que sua ascensão ao cargo é resultado de superação de sua história pessoal, lutas e conquistas e destacou Cafure, que chega ao cargo com o esforço pessoal e experiência excepcional e uma referência pelo equilíbrio e seguridade com que exerce a magistratura.

Dileta Thomaz e Emerson Cafure também foram saudados pelo presidente da OAB/MS, Mansour Elias Karmouche e pela procuradora de Justiça Jaceguara Dantas, representando o MPMS, em solenidade que contou ainda com a presença do desembargador do TRF-3, Nelton Aguinaldo dos Santos; do procurador do Estado Adalberto Miranda; da defensora Pública Julia Fumiko Gonda e do presidente da Amamsul Fernando Cury, entre outra autoridades.







燕窝酒酿蛋与传统手工酒酿蛋的区别燕窝酒酿蛋。燕窝酒酿蛋采用的原料都是优质的纯天然有机食品,产品无任何激素,没有任何副作用产后丰胸怎么办。主要成份有:酒酿原汁、土鸡蛋、珍珠糯米、姜汁红糖、泰国野葛根等提取物。不仅顺应了女性健康丰胸的需求丰胸成功案例,而且还是目前为止唯一一款安全到哺乳期都能喝的丰胸产品。它就是时下最受女性喜爱的燕窝酒酿蛋粉嫩公主酒酿蛋