Cobrança de propina leva mais 5 policiais à prisão em MS

Publicado em: 07/12/2017 às 20h35

Admin

Investigações iniciadas após a prisão de dois policiais que cobravam propina para deixar uma carga de cigarros contrabandeados passar, sábado, em Campo Grande, outros cinco policiais militares acabaram detidos por envolvimento no caso nesta quinta-feira (7).

De acordo com o Campo Grande News, a confirmação foi feita pela Corregedoria da Corporação.

Uma fonte da reportagem publicada no site indica que são pelo menos 12 policiais, só nesta ocorrência, e que o esquema tem ramificações em várias unidades.  

Aqueles presos hoje já estão no Presídio Militar de Campo Grande, assim como os outros dois presos no dia 1º. Na data, um sargento e um cabo foram presos sob suspeita de cobrar R$ 150 mil para liberar uma carga de contrabando de cigarros avaliada em R$ 1 milhão.

Na madrugada de quarta-feira (6) o DOF (Departamento de Operações de Fronteira) apreendeu 410 mil pacotes de cigarros contrabandeados do Paraguai. A carga estava distribuída em oito carretas. 

No mesmo flagrante foram encontrados R$ 32.950 que o DOF apura se seriam utilizados para o pagamento de propinas.