Outono chega em cinco dias e previsão é de frio abaixo de 5ºC

Publicado em: 15/03/2019 às 12h50

Cpo Gde News

As chuvas no fim de março são sempre sinal de que o verão está indo embora, dando lugar ao outono. Apesar de Mato Grosso do Sul não ter as estações bem definidas, os três meses costumam ser de tempo ameno e paisagens mais bonitas. O período marca o florescimento de ipês e é comum ver folhas das árvores no chão durante os trajetos.

No Estado, o outono começa às 17h58 de 20 de março e segue até às 11h54 de 21 de junho, segundo o meteorologista Natalio Abrahão Filho. Aos poucos, as noites começam a ficar mais longas, enquanto o dia mais curto e a temperatura, antes elevada no verão, começa a se reduzir especialmente no período da manhã.

A previsão, conforme o prognóstico da estação, indica aquecimento no leste do Oceano Pacífico e a presença do fenômeno El Niño. “Condição para as ondas de massas frias ganhem força nas latitudes polares e avencem mais livremente pelo continente e adentrem pelo Sul do País com chance de chegar ao sul do Mato Grosso do Sul”.

Com isso, a temperatura até se eleva, mas de um dia para o outro, o “frio aparece”. O outono deve “dar as caras” mesmo, quando a previsão é de termômetros abaixo dos 5ºC entre os dias 10 e 15 de maio até meados de julho. “Com chances de geadas no sul, sudoeste, central e sudeste de MS”.

Apesar disso, segundo o meteorologista, não serão registrados valores “extremamente” negativos no decorrer do outono. As chuvas entre maio e junho poderão trazer sensação de “queimação na pele”. “No entanto, com a chegada de massas polares frias as mínimas podem ficar bem abaixo dos dez graus. Chances de geadas existem, a probabilidade está acima dos 80% de ocorrer”.