Emoção marca noite de homenagens nos 80 anos da escola Erasmo Braga

Publicado em: 18/04/2019 às 19h06

Asessoria

Foto: Thiago Morais

Vereador Alan Guedes entrega placa de homenagem aos 80 anos da escola

A sessão solene da Câmara de Dourados, realizada na noite desta quarta-feira (17), atendendo proposição do vereador Alan Guedes (DEM), marcou os 80 anos da Escola Erasmo Braga no Município. Projeto dos missionários presbiterianos que aqui chegaram na década de 1920, a escola atende em torno de 1.200 alunos, do Ensino Fundamental ao 9º Ano do Ensino Médio.
A cerimônia destacou a presença, entre os homenageados, do servidor mais antigo da escola, Expedito Alves da Silva, o ‘tio Expedito’, há 28 anos recepcionando alunos e pais na portaria, que recebeu moção de congratulações entregue pelo vereador Alan Guedes e a atual diretora do estabelecimento, professora Léia Quiles Melhado Arcas, também homenageada.


Discursaram na sessão solene os vereadores Alberto Alves dos Santos (Bebeto – PR), Mauricio Lemes (PSB), Sergio Nogueira (PSDB) e Elias Ishy (PT), destacando a iniciativa do vereador Alan Guedes e a importância histórica do Erasmo Braga no desenvolvimento da educação evangelizadora. Também falaram o deputado Renato Câmara (MDB), após entregar moções aprovadas na Assembleia Legislativa ao pastor Ildemar Berbert de Oliveira e ao reverendo Izaias Moreira da Cunha, que também usaram a tribuna. O vereador Junior Rodrigues (PR) também prestigiou a sessão e a secretária municipal de Desenvolvimento, Rose Ane Vieira, representou a prefeita Délia Razuk (PR).

História


Encerrando a solenidade, o vereador Alan Guedes, propositor da sessão solene, lembrou a trajetória de vida e o fato de hoje ter se transformado no ‘papai do Ítalo’, o filho de 5 anos que teve com a esposa Kelly e aluno da escola Erasmo Braga desde 2016, como o vereador é chamado ao levar o menino às aulas.


Alan citou a participação, ao longo da semana, nos eventos realizados pela comunidade missionária, com a presença de diretores do instituto Mackenzie e da Igreja Presbiteriana do Brasil, destacou o crescimento do Erasmo Braga, cuja história se confunde com a história de Dourados, “por estar presente nos principais momentos da nossa cidade”.


Durante o discurso, depois de falar sobre as parcerias concretizadas pelas escola “com as instituições que os missionários semearam em terra boa e fértil, e colhem, em forma de bênçãos de Deus”, o presidente da Câmara de Dourados disse que ao Poder Público cabe “reconhecer o papel de entidades e pessoas que fazem essa escola tão grande e tão importante em nossas vidas”.

Homenageados


Receberam moções pelos 80 anos da escola Erasmo Braga em Dourados, além do “tio Expedito” e da diretora Leia Quiles: Evandro Modesto Pinho, Eliberto Liebisch, José Nelvo de Moura, Sonia Terezinha, Milton Ferreira da Silva, Odivaldo Delarissa, Ildemar Berbert de Oliveira, Angelo Augusto Gomes dos Santos, Roque Gonçalves, Vitor Azambuja Gama, Adair Oliveira da Silva, Mauricio Rodrigues Peralta, Nelson Luis Campos Domingues, Maria Auxiliadora Galvão Duarte, Izaias Moreira da Cunha e Rogério Dias Renovato.

 
A sessão solene ainda teve a participação das alunas do projeto de ginástica rítmica da escola, comandados pela coreógrafa Michele Ximenes Renovato e o coral de professores, funcionários e colaboradores, conduzido pelo professor de música André Matos Moreira.