Casal morto em queda de avião na Capital, aguardava visita da filha que mora na Irlanda

Publicado em: 15/05/2019 às 14h10

TOP Mídia News

Amigo pessoal das vítimas mortas em uma queda de avião na manhã desta quarta-feira (15), o piloto de avião Ignácio Llamo, 49 anos, afirma que Silvana Maria Pizzo e Pedro Arnaldo dos Santos aguardavam a visita da filha, que mora na Irlanda, na próxima semana.

Ele conta que Silvana chegou há dois dias em Campo Grande e já teria comprado a passagem da filha. "A Silvana estava na Europa, chegou agora. Ela até comprou a passagem para a filha, que vinha na próxima semana para visitar os pais e as outras irmãs. Estamos todos muito chocados. O Pedro era uma grande pessoa. Não digo isso pela tragédia que aconteceu, digo isso porque ele realmente era uma pessoa incrível, muito humana", diz o amigo.

Pedro e Silvana decolaram por volta das 06h05 de hoje no Aeroporto Santa Maria e seguiam com destino ao Pantanal. Pedro era piloto e conduzia o avião Beechcraft Bonanza, que pertencia a família há quatro anos e caiu em uma mata próximo ao aeroporto.

Além da filha que mora na Irlanda, o casal teria outras duas meninas, formadas em medicina. "Tem uma filha médica que mora aqui mesmo na Capital e a outra também é médica, mas mora em São Paulo. É uma notícia muito triste. Minha mãe, que também gostava muito dele e mora aqui perto do aeroporto está chocada e passou mal ao saber da morte deles".