Franca se impõe em casa e bate Flamengo para empatar final do NBB

Publicado em: 24/05/2019 às 11h30

Gazeta Esportiva

Foto: Reprodução/Twitter

Franca encheu ginásio e bateu Flamengo

Tudo igual na série da final do NBB. Em casa, ao lado de sua torcida, que encheu o Ginásio Pedrocão, o Franca venceu o Flamengo por 88 a 79 e empatou a grande decisão da elite do basquete nacional. A próxima partida vai ser novamente na cidade paulista, no sábado (25).

Em um jogo que teve domínio de Franca no primeiro tempo, o time da casa conseguiu levar uma boa vantagem para o vestiário e, mesmo com um Flamengo mais intenso nos dois últimos quartos, os paulistas seguraram a vitória. Com Lucas Dias pelo Franca e Olivinha, pelo Flamengo, os destaques da partida foram os mesmo do jogo 1, no Maracananzinho.

Apesar de um começo com um certo equilíbrio e com uma alternância na liderança, depois da metade do primeiro quarto, o Franca deslanchou, liderado por Jackson e também com um bom aproveitamento de cestas de três pontos do time. Com dificuldade para infiltrar no garrafão adversário, o Flamengo viu os paulistas abrirem oito pontos ao final dos 10 minutos iniciais.

No segundo período, o Franca buscou manter o ritmo e seguir anulando bem a ofensiva rubro-negra, que errava demais e perdia bolas importantes, dando espaço para os anfitriões ampliaram a vantagem. Mais uma vez, os tiros de três foram mais bem aproveitados pelos paulistas e a margem subiu para 15 pontos no intervalo.

Na volta dos vestiários o Flamengo tentou buscar uma reação. Inicialmente com dificuldades e segurado pelo Franca, logo o time carioca foi se soltando e as bolas caíram mais facilmente. Aos poucos, o Rubro-Negro ia diminuído a distância, enquanto os paulistas se mostravam um pouco nervosos com a aproximação no placar. A diferença chegou a ficar de apenas quatro pontos, mas o Franca acordou e voltou ao modo mais intenso, colocando mais pontos entre as equipes.

Precisando apenas administrar o resultado no último período, o Franca tentava conter o ímpeto do Flamengo, que ia para o tudo ou nada e deixava espaços na defesa quando perdia a bola. Os donos da casa mais uma vez sofreram mais, porém também convertiam bolas, então não viam a vantagem ser muito ameaçada pelo adversário.Nos minutos finais, o Rubro-Negro ainda viu sua reação acabar, quando o Franca voltou a ser superior, confirmando a vitória.