Plataforma digital para licenças florestais começa a partir de julho

Publicado em: 11/06/2019 às 08h05

Portal MS

A plataforma digital (e-florestal) criada para conceder licenças florestais em Mato Grosso do Sul estará à disposição dos produtores a partir do dia 1° de julho. Ela foi lançada nesta semana pelo governador Reinaldo Azambuja (PSDB) para dar mais agilidade e rapidez neste processo.

O licenciamento digital vai fazer parte do Siriema (Sistema Imasul de Registros e Informações Estratégicas do Meio Ambiente), sendo a partir de julho a única forma de abertura dos processos relativos às atividades florestais, que precisam de licenciamento, como supressão da vegetação, carvoarias e transporte deste material.

Os interessados devem acessar o site do Imasul, para protocolar o pedido de licença, sem precisar mais ir pessoalmente entregar os documentos nas unidades da instituição. Além de dar mais facilidade ao produtor, ainda existe a promessa que o processo será mais rápido.

De acordo com a direção do Imasul, haverá um treinamento dos técnicos para usar esta plataforma digital, por isso ela estará disponível de forma completa a partir de julho. O governador ponderou que os procedimentos digitais se tratam de uma tendência da sua gestão, tanto que pretende lançar mais 20 plataformas até o mês que vem.

Reinaldo, no entanto garantiu que estes procedimentos pela internet, não vão impedir as fiscalizações “in loco” destas atividades florestais, para saber se existem ações irregulares dentro do Estado. O início e a publicação da nova plataforma saiu hoje (07), no Diário Oficial do Estado.