Oficial de Justiça vai à Arena atrás de Ganso: Assunto pessoal

Publicado em: 23/08/2019 às 09h00

Gazeta Esportiva

O meia Paulo Henrique Ganso viveu uma situação desconfortável na noite desta quinta-feira, noempate por 0 a 0 do Corinthians contra o Fluminense. Um oficial de Justiça foi à Arena Corinthians para intimá-lo, mas acabou convencido a aguardar o término da partida da Copa Sul-Americana para procurar o jogador.

Depois do apito final, o meia foi um dos últimos a deixar o vestiário e seguir para o ônibus do Fluminense, mas se recusou a falar sobre o assunto ao ser questionado pelos jornalistas.

“Que perguntinha, hein? Sinceramente, é um assunto pessoal. Um jogo tão bom quanto esse e você vem com essa pergunta… Faça outra, fala do jogo…”, desconversou.

Mesmo contrariado com o assunto, o meio-campista ainda negou qualquer interferência do caso em seu desempenho em campo. “Não atrapalha em nada, mesmo se fosse antes ou depois do jogo”.


Ganso só aceitou se estender nas respostas ao avaliar as chances de o Fluminense eliminar o Corinthians na partida de volta das quartas de final da Copa Sul-Americana, no dia 29, no Maracanã.

“Fizemos um jogo bom. Os dois tiveram chances de gol, e eles mandaram uma na trave no último lance da partida. Agora temos uma decisão em casa e contamos com o apoio do nosso torcedor”, encerrou.