TRE-MS é o terceiro melhor em transparência no ranking nacional

Publicado em: 10/09/2019 às 14h00

Midiamax

O Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul é o terceiro melhor no país quando o assunto é transparência. A titulação vem do Ranking da Transparência, que já está na segundo edição e é realizado pelo CNJ (Conselho Nacional de Justiça).

O tribunal sul mato grossense concorreu com 93 tribunais e conselhos do nacionais. Foram cumpridos ao longo do ano 93,44% dos requisitos de transparência exigidos pelo CNJ. Em primeiro e segundo lugar ficaram os Tribunais Regionais do Rio Grande do Sul e do Amazonas, consecutivamente.

O principal critério é o fornecimento de informações claras e organizada aos cidadãos. Duas categorias, instituídas pela Resolução nº 260/2018, são avaliadas durante o processo:

A transparência passiva diz respeito as informações publicadas nos veículos oficiais do órgão, que vão desde estrutura organizacional até remuneração dos servidores, membros, pensionistas e colaboradores.

A transferência passiva está relacionada as solicitações de informações, e o que são avaliadas a usabilidade do banco de dados pesquisável e visibilidade do telefone de contato. Após envio do questionário respondendo sobre essas questões, os órgãos de todo o Brasil são analisados por uma equipe técnica do CNJ.

A entrega do prêmio acontece nesta terça-feira (10), no plenário do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), em Brasília. Todos os cinco colocados no Ranking da Transparência recebem o título.