Rapaz é agredido durante roubo em MS e suspeito diz que bateu porque foi chamado de nóia

Publicado em: 12/01/2018 às 12h30

Admin

Um rapaz de 22 anos foi agredido durante roubo na madrugada desta sexta-feira (12), no bairro Chácara Cachoeira, em Campo Grande. Um dos suspeitos, de 36 anos, confessa a agressão, mas nega assalto.

De acordo com informações do boletim de ocorrência, o rapaz e uma jovem seguiam na avenida, por volta das 2h30 (de MS), quando foram abordados por dois homens que pediram cigarro.

O cigarro foi entregue e, na versão da jovem o rapaz teve R$ 200 roubados e foi agredido sem motivo. O suspeito preso disse que foi chamado de nóia após pedir o cigarro e por isso bateu na vítima, porém nega roubo. Com ele foram encontrados R$ 130.

O rapaz foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros para a Santa Casa. O caso foi registrado como roubo.