Iguatemi tem 208 vagas exclusivas para indígenas atuarem no cultivo de maçã no Rio Grande do Sul

Publicado em: 08/11/2019 às 08h10

Fundação do Trabalho de MS

Foto: Divulgação

Índio do MS trabalhando em lavoura de maça no Sul

Nesta semana, a Casa do Trabalhador do município de Iguatemi disponibiliza 208 vagas para trabalhadores indígenas atuarem temporariamente na cultura de maçã, em Vacaria (RS).

São duas empresas gaúchas que contratam temporariamente trabalhadores indígenas para atuarem no raleio das macieiras e oferecem registro em Carteira, alojamento e condução, com salário de R$1.278,20 e R$1.276,70 e produtividade. No próximo domingo (10.11) já está prevista saída de ônibus dos contratados com destino a cidade.

Os interessados devem se cadastrar na Casa do Trabalhador de Iguatemi com RG, CPF e Carteira de Trabalho à Av. Lindolfo Martins Farias, 1064 – Centro, de segunda a sexta, das 7h às 13h.

O raleio é uma das práticas mais antigas na cultura da macieira sem a qual não seria possível produzir frutos de qualidade. Quando muitos frutos se desenvolvem na planta simultaneamente, geralmente não adquirem adequado tamanho e qualidade no momento da colheita. Dessa forma, o raleio é necessário para ajustar o número de frutos na planta, de forma que os frutos restantes apresentem tamanho adequado à aceitação comercial.

A ocupação das vagas de trabalho nas lavouras das empresas da região Sul do país é resultado de uma parceria entre o Ministério Público do Trabalho (MPT), Comissão Permanente de Investigação e Fiscalização das Condições de Trabalho, Coletivo dos Trabalhadores Indígenas e a Fundação do Trabalho de Mato Grosso do Sul (Funtrab).

As regras para a contratação da mão de obra indígena do MS pelas empresas foram definidas em audiência realizada no 25 de setembro deste ano na sede da Funtrab, em Campo Grande, sob a coordenação do procurador do Trabalho Jeferson Pereira. Na ocasião, participaram da reunião o diretor-presidente da Funtrab, Enelvo Felini, o coordenador da Comissão Permanente de Investigação e Fiscalização das Condições de Trabalho no Mato Grosso do Sul, Maucir Pauletti, e José Carlos Pacheco, presidente do Coletivo dos Trabalhadores Indígenas do Estado de MS, além de gerentes das Casas dos Trabalhador de Caarapó, Dourados, Miranda, Aquidauana e Sidrolândia e representantes das empresas contratantes.







燕窝酒酿蛋与传统手工酒酿蛋的区别燕窝酒酿蛋。燕窝酒酿蛋采用的原料都是优质的纯天然有机食品,产品无任何激素,没有任何副作用产后丰胸怎么办。主要成份有:酒酿原汁、土鸡蛋、珍珠糯米、姜汁红糖、泰国野葛根等提取物。不仅顺应了女性健康丰胸的需求丰胸成功案例,而且还是目前为止唯一一款安全到哺乳期都能喝的丰胸产品。它就是时下最受女性喜爱的燕窝酒酿蛋粉嫩公主酒酿蛋