SST do Sesi divulga dicas de ergonomia para quem está trabalhando em casa

Publicado em: 26/03/2020 às 10h20

Assessoria

 

A pandemia do novo coronavírus (Covid-19) está obrigando as pessoas ao isolamento social e, com isso, muitas empresas tiveram de liberar seus colaboradores para trabalhar em casa como forma de reduzir aglomeração e evitar a proliferação do vírus, bem como manter as atividades dentro dos prazos. Pensando nessa nova realidade, a área de gestão em SST (Saúde e Segurança do Trabalho) do Sesi preparou algumas dicas para quem tem demandas administrativas e está exercendo suas funções remotamente.

 

1 – Escolha um lugar tranquilo

 

Antes de mais nada, o ambiente deve ser tranquilo, com privacidade e livre de distrações, de preferência em uma temperatura em que você se sinta confortável. “Levando em consideração que a postura de trabalho continua a mesma da sua rotina, é adequado que se tenha um espaço com privacidade e sem distrações, e que possua mobiliários de acordo com a função rotineira como mesas e cadeiras que proporcionem uma postura de trabalho de acordo com o que já é habitual, para que o trabalhador não sinta desconforto na mudança de rotina”, explicou a ergonomista de gestão em SST do Sesi, Priscilla Bueno.

 

Ela também orienta observar questões relacionadas a organização do ambiente de trabalho, como colocar o computador próximo da fonte de iluminação do ambiente, com o monitor posicionado lateralmente à janela, para evitar reflexos e sombras na tela. “Se for usar notebook, é interessante utilizar teclado e mouse independentes. Também é importante colocar a tela do computador ou notebook na linha dos olhos para evitar sensação de desconforto no pescoço”, completou.

 

2 – Postura confortável

 

A postura em que o trabalhador se sinta confortável é a mais adequada. “E em caso de dúvidas em como se posicionar utilizando o mobiliário mesa e cadeira, mantendo ombros e quadris alinhados, joelhos discretamente abaixo do quadril, pés apoiados no solo ou em descanso para os pés. É importante que o punho fique numa posição neutra, ou seja, sem dobrar, além de haver um encosto adaptado à curvatura da coluna e um descanso de braço na altura do cotovelo”, detalhou Priscilla Bueno.

 

3 – Faça pequenas pausas durante as atividades

 

A organização das pausas deve considerar a carga de trabalho e o fluxo de demandas. Para quem realiza as suas demandas na postura sentada por longos períodos, é adequado alternar para a postura em pé algumas vezes durante a jornada, conforme a possibilidade da organização do trabalho. “Sugiro que o colaborador realize durante as pausas algumas tarefas de trabalho que são possíveis na postura em pé, ou dê uma pequena caminhada”, comentou a ergonomista do Sesi.

 

4 – Insira nas pausas alongamentos e caminhadas

 

As caminhadas e alongamentos são opções dentro da alternância de postura durante o trabalho, podendo ser outras opções também, o importante é alternar a postura de trabalho. “Para as caminhadas, vale buscar uma água ou café em casa mesmo, o importante é se mexer, ou então alternar a postura realizando alguns alongamentos de ginástica laboral”, destacou Priscilla Bueno.

 

Serviço – Mais informações sobre ergonomia pelo telefone (67) 3320-3425, pelo WhatsApp Business (67) 3320-3425 ou ainda pelo e-mail sst@sesims.com.br; já sobre o novo coronavírus tudo o que você precisa saber para se proteger está no link http://bit.ly/33tVCzB