Brasil vai às finais do Circuito Sul-Americano na Argentina

Publicado em: 10/02/2018 às 19h02

Gazeta Esportiva

Foto: Foto: Divulgação/CSV

Brasil garantiu vaga nas duas finais da etapa de Rosário, na Argentina, pelo Circuito Sul-Americano

A etapa da Argentina, disputada em Rosário, pelo Circuito Sul-Americano de vôlei de praia trouxe bons resultados para o Brasil. Neste sábado, Tainá e Victoria, pelas mulheres, e Álvaro Filho e Saymon, pelos homens, venceram seus confrontos e confirmaram vaga no confronto decisivo respectivo de cada categoria na disputa.

Tainá e Victoria derrotaram as uruguaias Fortunati e Hernandez por 2 sets a 0, com facilidade, pelas quartas de final. As parciais foram de 21/13 e 21/11. Na semi, nova vitória, dessa vez para cima das colombianas Diana e Yuli: outro 2 a 0, com parciais de 21/17 e 21/14.

“Está sendo maravilhoso alcançar mais uma final para nossa equipe no Sul-Americano. Esperamos que nesta etapa a gente consiga nosso primeiro ouro, já tivemos duas vezes a prata em torneios continentais e sentimos que estamos evoluindo a cada etapa. Vamos entrar focadas para trazer este título ao Brasil e manter a liderança no ranking”, afirmou Tainá.

No masculino, Álvaro Filho e Saymon carimbaram um lugar na final ao vencerem Vuconich e Fernandez, da Argentina, além de Peter e Tigrito, da Venezuela. A dupla brasileira, invicta na competição, garantiu um 2 a 0 com facilidade em ambos os jogos.

“É uma honra muito grande representar nosso país, ficamos felizes em alcançar esta final e podermos subir ao pódio. É importante para a colocação do Brasil no ranking, para a pontuação da nossa dupla em eventos internacionais e vamos com tudo em busca de um ouro”, comentou Álvaro Filho.

As finais serão realizadas já neste domingo, a partir das 16h00 (horário de Brasília). O Brasil é o líder no ranking feminino, com 200 pontos, enquanto ocupa a segunda colocação na tabela masculina. Seis etapas serão disputadas pelo Circuito Sul-Americano, além de dois torneios “Finals”.

O ranking geral da competição é feito apenas para os países, contando a pontuação da dupla mais bem colocada das nações em cada etapa, mesmo que um país tenha mais de uma dupla no pódio. Os campeões de cada torneio somam 200 pontos, o vice, 180, o terceiro colocado, 160, e assim por diante.