BOM DIA, MINHA DOURADOS QUERIDA - Benê Cantelli

Publicado em: 16/04/2018 às 05h44

Admin

Que todos tenhamos um Bom dia.

Passado o Turbilhão violento, a ressaca intempestiva, vendavais alongados e os tufões que amargaram nosso Pais, Estado e nossa cidade, parece que aos poucos podemos ver a vida voltando ao normal.

Os buracos de nossas vias aos poucos desaparecendo, escutamos, ao longe o grito das crianças sem aula. Já estão arrumando, mas se brincarem chegaremos a abril. Final do primeiro bimestre sem aulas.

No lindo desfile (7 de setembro) os que estavam, nem se lembraram, de problemas e se comportaram de maneira gloriosa.

É assim que gostaria de ver minha cidade.  Afinal, não serão por essas conversas de botequim que vamos consertar o que estar errado.   O que deveríamos fazer é arregaçar as mangas e dar ideias, sugestões e trabalho para nossa cidade que já nas é tão pequena.

Tenho a impressão que tudo isso que passou pode servir de lição e entrarmos precavidos no pleito que se avizinha. Afinal estaremos votando em: Governadores, Prefeitos, Senadores, deputados Federais e Estaduais.

Algo na lembrança de todos tem que ficar. Ninguém sairá ileso de tudo que aconteceu.

Tenho comigo que a melhor lição deve ficar para aqueles que votamos. Aprendemos com certeza.

Não importa o nojo, a raiva e a ira contra quem fez.  Importa que escolhemos mal.  E desta vez temos que aprender, custando o que custou.

Deus é o nosso salvo conduto e linha de conduta moral para os que são eleitos.

Pensem comigo: Ver nossa cidade sendo lembrada em toda mídia como exemplo em todo País.   População de bom coração, inteligência de respeito nós temos.

É tão bom, bom demais quando vemos alguém nosso sendo aplaudido ou moralmente elevado por suas atitudes. Tenho comigo que chegaremos lá.

Vede as maravilhas que Deus tem feito por nós.  Sem olhar a quem.  Sem mensurar os atos indigestos e maldosos de alguém, Deus concede sua infinita bondade a Todos.

Temos uma cidade plana com rios sem o menor problema de enchentes. Temos uma cidade plana com consolo invejável de fertilidade. É uma cidade nova que já aprendeu a ser muito mais velha, pelo estudo e pela mais alta concepção agronômica.  Vamos usar o que Deus nos deu e, com justiça, tirar daqui quem não veio ou quem não nasceu para ser Douradense de verdade.

Somos líder em nosso Estado na produção de alimentos. Somos líder em pessoas que aprenderam a fazer o bem: artistas de renome, e outros, cada qual em seu quadrado, fazendo valer sua arte e sua competência.

Adoro as canções que fizeram para o meu Mato Grosso Querido com fértil solo e boa gente.  Toca o coração da gente e nos mobiliza a querer e adotar ainda mais este solo querido.

Aqui aprendemos a conviver bem com os gaúchos com seu jeito esbanjado e gritado quando fala; também o nordestino sempre pronto a iniciar a bruta labuta de quem começa o desbravamento. E mais, o quieto mineiro que nem sabe- mos como pensa e o que sabe, não conta, porquanto guarda e não divide com ninguém. Até o negro, que viviam em quilombolas e que hoje faz parte do nosso jeito de ser e trabalhar. 

A todos e principalmente como eu, que viemos de tão longe para ter e ver esta terra dentro e envolta em nosso coração.

Estamos dando o primeiro grito de INDEPENDENCIA, pois não houve e nem haverá povo que pode viver às avessas da lei e do pensamento de Deus.

Bom dia meu povo douradense e outros que também se fizeram com a vida.

Melhor dia para todos que desejam uma DOURADOS, que nos orgulhe oferecer a nossos filhos e netos.

 

Professor e Campista

bncantelli1@gmail.com